ÁLBUNS BY LUKE: RED – TAYLOR SWIFT…FAIXA A FAIXA!

Posted: Outubro 23, 2012 in Crítica, Matéria, Música

O mais recente e porque não dizer ”o álbum mais esperado de 2012” da Taylor Swift, Red, foi lançado dia 22 de outubro de 2012…E o cd já vem quebrando muitos recordes e elevando a carreira dessa menina de uma maneira impressionante. Vamos analisar esse cd faixa a faixa e ver se realmente é o cd do ano?
Antes de eu ouvir o Red, eu achava que ”Born To Die” da Lana Del Rey era o melhor cd do ano… Agora o acho o 2° melhor.. Ainda analisarei essa obra prima em outra ocasião.


Taylor Swift segue o estilo country, mas desde seu 1° cd, o pop é notável e a cada álbum ela o deixa mais óbvio e isso é maravilhoso…Ela consegue deixar seu trabalho mais único.
Vamos analisar o Red!

1. State of Grace

Nota: 10.0

 

A música que abre o álbum não poderia ter sido tão épica…Diferente dos outros cds, ela começa esse de forma intensa…Fazendo referência a cor do cd. Uma intro digna, que em alguns momentos nos confundem se não é uma intro de uma música de u2 por exemplo. O vocal entra e a história contada por ela começa a figurar em nossas mentes… O refrão fácil e simples nos faz fechar os olhos e identificar logo um amor assim que já vivemos. Intenso, devastador, que faria de nossas vidas nunca mais a mesma mas que também nos levaria a esse estado de graça. Ela tem o poder de nos conquistar com essa música. Tudo indica que Jake Gyllenhaal foi a inspiração dessa música e que foi um amor muito intenso na vida de Taylor. O 2° refrão fica mais forte, Como uma menina do country  nos presenteou com uma música tão pop rock? isso é talento, isso é versatilidade, isso é inovação. Uma das melhores faixas sim do Red e calma, ainda estamos na faixa 1!

2. Red

Nota: 9.8

A faixa título ”Red” tem a marca ”Taylor” e logo se torna uma das favoritas de seus fãs. O refrão magnético, a referência country e pop, a letra cheia de metáforas inteligentes. Uma música que vicia quem escuta e o ponto alto dela é o seu começo e a explosão no refrão principalmente quando ela diz: ”Forgetting him was like trying to know somebody you never met”. Ela simplesmente fez uma de suas canções mais caricatas e entraria numa batalha contra seus maiores singles sim! Por exemplo: ”Love Story” ”Mine” ”Back to December” ”You Belong With Me” mesmo que fique atrás desses, mas é uma música no mesmo naipe!

3. Treacherous

Nota: 9.5

Essa música te ganha no 1° segundo. Música calma, a letra mais intensa que a Taylor ja compôs com versos até com sentidos sexuais…Dependendo da interpretação. A voz dela é seu grande trunfo nessa música…Começa como se ela te contasse um segredo, o que te aproxima mais pra prestar atenção. O refrão sai do clichê e é uma calmaria com fortes impactos. Música digna de trilha de filmes românticos. Esse cd tá ficando cada vez mais intenso!

4. I Knew You Were Trouble.

Nota: 9.2

A música que com certeza todos os fãs fieis quando ouviram disseram: ”Wow, TAYLOOOOR?” Sim, surpreende por conter dubstep.. E ela foi a primeira a fundir country com dubstep (Countrystep? kkk) A união da Taylor com Max Martin e Shellback foi interessante. A música gruda, é comercial, é radiofônica!Mas Taylor consegue deixar sua marca nela. Sabemos que mesmo com todas as influências, ela tem o controle de suas músicas. Red se torna diferente mesmo do Speak Now (cd passado dela) nessa música pois ela  arriscou, e deu certo! A música é um sucesso. Com certeza ela tá mostrando o quanto tá evoluindo com esse cd.

5. All Too Well

Nota: 9.3

Essa música soa como Taylor Swift mais do que todas… Pare pra ouvir ela contar uma história! e ela sabe como contar uma história e te fazer chorar com ela…Eu sou prova disso. Essa música faz a ponte do Speak Now com o Red e mostra que ela continua a mesma, e com tantas mudanças seja na sua vida, na sua música. Essa música será a favorita de muitos fãs e principalmente os fãs de ”Dear John” ”Last Kiss” ”Enchanted” e ”Teardrops On My Guitar” vão se identificar muito. A taylor triste, de um fim de namoro que lembra esse relacionamento refletindo os bons momentos e lamentando mesmo que sem dizer isso em cada verso…Essa música tem uma intensidade e uma emoção profunda! Ela disse que foi a mais difícil de compor por querer contar uma grande história mas que filtrou tudo pra uma música de 5:29. Ainda é a de maior duração do cd!

6. 22

Nota: 8.0

”Raise Your Glass” da P!nk? Juro que o começo lembra muito….Essa música é mais uma pop açucarada do cd e também a mais divertida e convida você a se despreocupar e dançar como se tivesse 22 anos…É um momento que a Taylor precisa pra esquecer de todas as coisas que já passou… Mesmo ”Trouble” e ”Never Ever” sendo outras músicas dançantes, essa é  a que tem a letra mais despreocupada,chamaremos de ”folga” do cd…tipo aquele momento: ”intervalo de 3:52 de coisas ruins, e vamos todos nos unir e dançar despreocupados mesmos, depois voltamos a falar de mim”… Amei ela ter entrado no cd!.

7. I Almost Do

Nota: 8.6

Violão + Taylor + história + refrão explosivo = música de qualidade e emocionante. Isso que essa faixa 7 é! Mais uma música que logo se torna uma das favoritas de seus fãs. Soa como ”Breathe” de seu álbum ”Fearless” ou seja: ela continua a mesma com raízes em suas músicas….Se vc observar, Red não foge tanto assim de seus álbuns passados…É uma evolução, mas o melhor dela permanece. Taylor sabe que não é mais adolescente e o bom é que ela deixou isso fora de seu trabalho…Mesmo que os adolescentes sejam seu público maior, a Taylor se comporta como uma mulher…Não é mais a menininha de amores perfeitos, mas que usa o que já viveu pra se moldar e viver amores melhores. Ela sabe que não existe amor perfeito. Mas ela preserva a esperança de ter um amor verdadeiro, sincero e que a deixe feliz. Essa música nos faz pensar nisso…Nos faz pensar em nossas vidas. Em trazer as lições que ela aprendeu para nós!

8. We Are Never Ever Getting Back Together

Nota: 8.8

O 1° single de Red, lançado dia 13 agosto, abriu muito bem o cd. Sendo o maior sucesso comercial de toda sua carreira! A 1° música dela a alcançar a #1 da Billboard Hot 100 e 3 vezes! A música é grudenta, boa de cantar e principalmente se você quer dizer isso na cara de um(a) ex! A parte falada mostra que mesmo sendo uma música produzida pelo Rei de hinos pop (Martin), é diferente das demais. Ganha pontos por isso! A música não traduz o Red, nem é a faixa mais importante…Pode ser a mais bem sucedida até o momento…Mas é uma canção que comparada as outras, é uma boa música pra dançar,curtir, cantar com os amigos mas, o Red tem um significado muito maior, muito mais intenso.

9. Stay Stay Stay

Nota: 7.9

A música mais country do cd? Sim, em instrumental. ”Hey Stephen” + ”Mean” são referências dessa música tão divertida…. A risada do final tão fofa…A queridinha, mostra que ainda sabe fazer canções fofas.

10. The Last Time

Nota: 9.0

Ual, depois de uma música tão divetida, damos de cara com essa. Gary, do Snow Patrol divide os vocais com a Taylor…E sim, a ofusca! É uma música totalmente Snow Patrol…Amo Snow Patrol! São muito intensos e foi o maior acerto do cd em termos de Feat.! Quem imaginaria isso? Tem um solo épico. Música triste, do jeito que os fãs da Taylor amam. A rítmica da música é muito bem produzida. Mostra que a qualidade do cd é de outro nível…É uma prioridade. Você se arrepia com ela, você se emociona…Essa música dá ao Red uma maturidade, um respeito, um reconhecimento maior e mesmo com toda a simplicidade, o eleva a outro nível.

11. Holy Ground

Nota: 7.8

Começa bem agitada, Batida envolvente, letra interessante…. Referências country e pop rock com a voz angelical da Taylor fazem dela tão especial. O backing vocal é o ponto alto dessa música. Mais uma vez a vemos despreocupada, dizendo que quer dançar… Mais uma música pra momentos de diversão! O que faz  do Red um cd pra todos os momentos.

12. Sad Beautiful Tragic

Nota: 10.0

A música mais triste do cd, o instrumental é simplesmente mágico. Nossa, ”White Horse” quase vira uma celebração quando ouvimos essa música…Taylor mostra seu talento para músicas tristes e essa música é o trunfo do cd…Imagino a Taylor em cima de sua cama com seu violão, escrevendo essa música. Ela é poderosa, atraente, musicalmente um marco. Música que deixa o Red mais pulsante, mais vermelho metaforicamente falando. A voz de Taylor é o mais uma perfeição nessa música…Sem palavras! A música que definiu bem o que eu esperava desse cd.

13. The Lucky One

Nota: 9.7

A música mais surpreendente…A música mais retrô de sua carreira…Isso é maravilhoso! Ninguém esperava por isso. Depois de desmoronar na faixa passada, essa música te deixa feliz! Parece que na letra ela fala dela mesma. Que mesmo sortuda, Não se pode ter tudo. A taylor com o pé no chão, realista, brota nessa música…Sua confusão tão sincera com uma melodia dessa, deixa essa música mais uma faixa inesquecível de toda sua carreira… A batida que pode ser seguida com palminhas é tão vintage mas com uma pegada bem atual.

14. Everything Has Changed

Nota: 8.9

Uma das músicas mais esperadas do cd, devido ao feat. com oEd Sheeran. Simples, mas tão profunda. 2 compositores tão parecidos, tão intensos reunidos nessa faixa, é perfeito! Gosto mais do pré refrão do que o refrão em si. As vozes se encaixam muito bem. Com certeza uma das mais inesquecíveis do cd!

15. Starlight

Nota: 8.7

Outra grande música do cd. Quando você pensa que vai entrar um batidão na música, entram instrumentos de cordas…GRAÇAS A DEUS!!!!!! Depois a música ganha força no refrão com uma bateria muito dançante…Uma música diferente que ainda bem que taylor não deixou ser tomada conta pela batida eletrônica mostrando que tudo ela consegue moderar…Sem exageros! Quer dubstep? faixa 4. Quer chorar? faixa 12. Quer dançar? faixa 6. Quer se apaixonar? faixa 16. Quer ser decidido a não ter relacionamentos ruins? faixa 8. Quer lembrar de um grande amor? faixa 2. Quer oferecer uma música a seu amor? faixa 3. Quer relembrar momentos nostalgicos? faixa 5. Por aí vai!!!!!! Essa faixa merece muito respeito!

16. Begin Again

Nota: 10.0

Os maiores fãs de Taylor amaram de cara, alguns acharam chata. Mas essa música define muito bem o Red: Amor é quebrar a cara, mas também seguir em frente! A parte que ela diz: ”Is break and burn and end but on a Wednesday in a cafe I watched it begin again” eleva a faixa a um nível de perfeição mesmo. Instrumental na medida, voz encaixada a emoção da música. Música que fecha muito bem o álbum! Muitos não entendem o porque de ser o 2° single, mas com certeza, faz parte da mensagem Red que a Tay quer passar e isso vai além de lançar as mais dançantes como singles pra pegar os primeiros lugares no charts.E essa música pegou no iTunes e foi a estreia de mais alta posição na Billboard em sua semana. Isso inclui deixar Ke$ha e Rihanna fora do Top 10 (todas estreando músicas) enquanto ela estava na 7° posição! Essa música é perfeita!

Bônus: (Deluxe Edition) 

The Moment I Knew
Nota: 10.o

Melhor música do Deluxe. Impactante, forte, triste, transcreve bem a emoção da letra triste. Um trunfo do Red. Voz marcante…Só elogios

Come Back… Be Here
Nota: 8.5

As músicas do Deluxe são simplesmente indispensáveis para compreender e se viciar no Red fazendo dele sim o melhor cd do ano! Refrão chiclete, mas com pitadas surpreendentes. Lembra músicas do cd Taylor Swift mas com uma maturidade impressionante. Esse cd me surpreendeu em suas melodias tão encaixadas nos perfeitos instrumentais e essa música prova isso.

Girl At Home

Nota: 8.5

Fofa, boa de cantar, de dançar Owwwwn!!! Fechando as músicas inéditas do cd…Dá sempre o gostinho de quero mais. Taylor é uma artista que causa isso! Nunca cansamos de a ouvir. Isso que a transforma em um fenômeno.Suas músicas não são enjoantes. São dignas, são diferentes revolucionárias.

      

*Não vou colocar o top músicas desse cd porque nenhuma música se perde e todas contribuem para o álbum ser o que é! A junção de todas forma a cor Red. Intensa, esperançosa, apaixonante, sofredora….

Se você não ouviu o Red, corra! É sim o melhor cd de 2012 até o momento e mesmo com muitos lançamentos ainda porvir, acho difícil superarem esse cd tão pessoal, diferente, revolucionário…Se você acompanha a carreira dela, pode não ter achado melhor que o Speak Now, mas esse cd é um marco, uma evolução de sua carreira!

Comente sua opinião🙂 !!!

Comentários
  1. Lays diz:

    Lana é mais!❤

  2. william diz:

    Na minha opnião red foi o melhor cd da carreira dela, mudou um pouco o estilo que na maioria das vezes era sempre o mesmo, as faixas alegres são as melhores e sem falar na voz dela…. e é obvio que o cd é nota 10 *-*

  3. Adorei *-*, cada descrição de todas as faixa, muito bom,❤

  4. CD DO ANO pra não falar da Década !

  5. Gabie Pereira diz:

    Amei a avaliação e amei o novo álbum da loirinha também🙂

  6. Vamos lá, já ouvi o cd e gostei. Pelo menos por mim, ainda consigo classificá-lo como o melhor cd do ano, da década enfim POREM voltando ao assunto cd, acredito que ele foi bem feitinho sim. Acredito também que o seu review ficou ótimo! Adoro a faixa ”we are never ever getting back together” acho que virou até single né gem? No entando, amo amo amo ”begin again” em nível hard. Morri ao saber da volta do blog, I JUST LOVED.

  7. luceldo diz:

    só não concordo com a nota que vc deu para a musica RED ele e nota 10 rsrs

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s